16 de abril de 2018 às 20:40

#Beychella: de 'like' de Dilma a caridade, 4 momentos poderosos de Beyoncé

O retorno de Beyoncé aos palcos no último sábado (14), no festival de música Coachella, nos EUA, ainda está dando o que falar.

O retorno de Beyoncé aos palcos no último sábado (14), no festival de música Coachella, nos EUA, ainda está dando o que falar.

Beyoncé estava afastada dos shows desde o nascimento dos gêmeos em junho de 2017 e seu retorno foi triunfal, com participação do marido Jay-Z, da irmã Solange Knowles e uma reunião do grupo Destiny's Child, onde a cantora começou a carreira. Abaixo reunimos quatro fatos que provam a grandiosidade dessa mulher:

Nem mesmo a ex-presidente Dilma Rousseff resistiu ao momento e foi lá no Instagram da diva 'curti' a foto dela.

Nesta segunda-feira (17), os fãs começaram a especular se a cantora também teria mudado a cor do esmalte durante as cinco trocas de roupa que fez. Mas ao que tudo indica, as fotos divulgadas na rede social da popstar são do ensaio, no qual ela usou a mesma roupa do espetáculo, mas estava com uma cor prata nas unhas.

Ou seja, no show ela já estava com esmalte preto e isso significa que Bey fez a unha depois do ensaio e antes de subir ao palco. Não teve mudança da cor de esmalte. 

@Beyonce can literally change her nail polish with her outfit during her Coachella performance...yet I can’t even get ready and be on time for school ever. #beyoncealwaysonbeat #COACHELLA2018 pic.twitter.com/

YnPX4B8OwX

A post shared by Beyoncé (@beyonce)

on

Ela usou cinco figurinos da grife Balmain, em que um moletom pode custar R$ 15 mil. 

Beyoncé começou sua performance no Coachella, que rapidamente passou a ser chamado de #Beychella nas redes sociais, com um suéter de lantejoulas e botas de franjas da marca Christian  Louboutin. E mesmo com a roupa soltando, o cano da bota descendo, ela não perdeu a pose e manteve a coreografia.

Beyoncé trynna make sure she doesn’t have a wardrobe malfunction
She needs her mobility!
Via Coachella LiveStream: YouTube pic.twitter.com/

PKftVLzu9b

A post shared by Beyoncé (@beyonce)

on

Logo após a apresentação, Beyoncé anunciou que doará R$ 341 mil -- US$ 100 mil em bolsas destinadas a estudantes de quatro faculdades e universidades dos Estados Unidos historicamente associadas aos negros.

O programa Homecoming  Scholars  Award para o ano acadêmico 2018-19 doará bolsas de US$ 25 mil a alunos da Universidade Xavier da Louisiana, da Universidade Wilberforce do Ohio, da Universidade Tuskegee do Alabama e da Universidade Bethune-Cookman da Flórida, informou a fundação da criadora do álbum "Lemonade".

O show de Beyoncé no Coachella, realizado no deserto do sul da Califórnia no sábado, foi divulgado como uma homenagem à educação e à cultura negras norte-americana, e contou com uma banda marcial, artes performáticas, coro e dança. A cantora foi acompanhada por mais de 150 artistas no palco.

Foi a primeira vez que uma negra encerrou o festival de dois finais de semana, um dos maiores eventos musicais do ano no país.
As mais de 100 faculdades e universidades tradicionalmente negras dos EUA foram todas criadas antes da Lei de Direitos Civis de 1964, quando instituições de ensino superior dominadas por brancos podiam vetar alunos negros.

No ano passado a artista de 36 anos criou um programa de bolsas por mérito em apoio a jovens mulheres.

Beyoncé homenageou universidades americanas que historicamente abrigaram estudantes negros durante o seu histórico retorno aos palcos no festival Coachella, na Califórnia. Agora, a diva pop anunciou que vai doar US$ 100 mil (cerca de R$ 340 mil) para quatro dessas instituições de ensino.

A cantora anunciou que as bolsas de estudo do seu programa Homecoming Scholars Award para o ano letivo 2018-2019, através da iniciativa Beygood, criada pela diva. Ela planeja doar US$ 25 mil (cerca de R$ 85 mil) para um aluno de cada uma das universidades contempladas. As escolhidas foram a Universidade de Tuskegee, a Universidade de Bethune-Cookman, a Universidade Xavier de Louisiana e a Universidade de Wilberforce.

Fonte: UOL

comentários

| Rádio Guarujá AM 1550 kHz'); }
Estúdio Ao Vivo