09 de agosto de 2018 às 12:10

"Caçadores de Relíquias" encontram antiga van do Aerosmith perdida na floresta

"Uma das maiores e mais icônicas peças da história do rock n' roll", disse apresentador Em um recente episódio da série americana "Caçadores de Relíquias" (American Pickers), os apresentadores, Frank Fritz e Mike Wolfe, encontraram algo que eles próprios

"Uma das maiores e mais icônicas peças da história do rock n' roll", disse apresentador

Em um recente episódio da série americana "Caçadores de Relíquias" (American Pickers), os apresentadores, Frank Fritz e Mike Wolfe, encontraram algo que eles próprios chamaram de "uma das maiores e mais icônicas peças da história do rock n' roll": Trata-se de uma van abandonada do Aerosmith, utilizada pela banda durante as turnês do começo da carreira, nos anos 70.
O automóvel foi achado em uma floresta situada atrás de uma fazenda em Chesterfield (Massachusetts), cidade localizada a pouco mais de 160 km a oeste de Boston, terra natal do Aerosmith.
A van, uma "International Harvester Metro", é datada de 1964 e traz uma arte inspirada no cartunista Robert Crumb com o nome da banda pintado na lateral.
A pedidos de Joe Perry, que recebeu uma foto da relíquia enviada por Dan Auerbach (vocalista do Black Keys e amigo de Wolfe), a autenticidade do veículo foi confirmada por Ray Tabano, guitarrista que foi membro do Aerosmith por um ano, sendo substituído por Brad Whitford em 1971.
"Tenho receio de dizer há quanto tempo, mas faz aproximadamente uns 40 anos que estivemos dentro dessa coisa", disse Tabano. "Nós dirigíamos de Boston até Nova Hampshire por 125 dólares [por show]. E depois da gasolina, do pedágio, da comida e da volta, nós ficávamos com 3 dólares cada um", explicou.
Ainda resta o mistério de como a van foi parar no local. O dono da propriedade, identificado apenas como Phil, explicou que comprou a terra de alguém próximo à banda e que o automóvel já estava por lá. A produção do programa pagou 25 mil dólares a Phil pela van.
Acompanhe mais sobre o Aerosmith no Vagalume.

Fonte: Vagalume

comentários

| Rádio Guarujá AM 1550 kHz'); }
Estúdio Ao Vivo