12 de julho de 2018 às 14:37

Claques contra e a favor de Crivella rivalizam dentro e fora da Câmara do Rio

Apoiadores e críticos do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), ocupam nesta quinta-feira (12) as galerias da Câmara de Vereadores, no centro da cidade, para a sessão que decidirá sobre ...

Crédito:UOL

UOL

Críticos e apoiadores de Crivella na Câmara Municipal

Apoiadores e críticos do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), ocupam nesta quinta-feira (12) as galerias da Câmara de Vereadores, no centro da cidade, para a sessão que decidirá sobre a admissibilidade do processo de impeachment do gestor municipal. Foram distribuídas 60 senhas para cada grupo. O público fez fila para ingressar no edifício. Do lado de fora, apoiadores e críticos do prefeito batem boca em alto falantes na frente da Câmara.

Nas galerias, apoiadores do Crivella gritam "não vai ter golpe". Entre os manifestantes favoráveis ao prefeito, há moradores de comunidades cariocas, principalmente de Manguinhos, na zona norte. Um cartaz afixado na galeria diz: "O complexo de Manguinhos e o conjunto de ex-combatentes apoiam o prefeito Crivella".

Do outro lado, os apoiadores do impeachment são majoritariamente servidores, entidades de classe e militantes de partidos de esquerda. Uma das faixas exibidas na galeria faz uma brincadeira com a funcionária do gabinete de Crivella indicada por ele para agilizar o agendamento de cirurgias no Sisreg (sistema de regulação da rede pública de saúde). "#VimfalarcomaMárcia."

O clima de rivalidade deve se estender ao plenário da Câmara, onde governo e oposição farão um duelo político cercado de manobras. Nos bastidores, comenta-se que o presidente da Casa, Jorge Felippe (MDB), não teria interesse de levar adiante um possível processo de impeachment.

A Procuradoria da Câmara definiu no começo da tarde de hoje que os dois pedidos de impeachment apresentados pela oposição não serão lidos no plenário. A sessão será encaminhada direto para a fase de debates, onde todos os vereadores interessados poderão ir à tribuna. Cada orador terá cinco minutos para discursar.

Fonte: UOL

comentários

| Rádio Guarujá AM 1550 kHz'); }
Estúdio Ao Vivo