12 de maro de 2018 às 07:00

Cólera lança novo álbum no Sesc Pompéia

Marcelo Moreira

Cólera (FOTO: DIVULGAÇÃO)

O Cólera vive e quer o seu cérebro. A mensagem eram massiva e instigante para quem gostava de rock nacional nos 80, em especial para a vertente punk paulistana.

Longe das tretas e inteligente o bastante para investir em um “papo cabeça”, a grande banda punk liderada pelo imortal Redson nunca esmoreceu – nem mesmo quando seu líder morreu, em 2011.

Às vésperas de completar 40 anos de sua criação, essa instituição roqueira faz questão de honrar a memória de Redson e a tradição de punk de desistir jamais.

Depois de uma bem-sucedida campanha de financiamento coletivo para viabilizar um álbum, o grupo anuncia um show daqueles imperdíveis.

Será na casa querida de todos os punks, o lar do “Começo do Fim do Mundo”, onde pode-se dizer que tudo explodiu, com um festival que fez São Paulo tremer.

“Acordem! Acordem! Acordem!”, o título da nova obra, será lançado em grande estilo na comedoria do Sesc Pompeia no dia 22 de de março.

Com a mesma fúria e energia com que o trio detonava 30 anos atrás, o agora quarteto vai mostrar, nas novas músicas, a característica preocupação política e social nas letras, bem na tradição do lendário Redson.

Cólera é música para entreter, para pogar, para vibrar e para se esbaldar, ma também é para pensar e refletir. Que ótima notícia neste começo de 2018.

Clique aqui para conhecer um pouco mais da história do Cólera em texto retrospectivo do site Rock on Board.

Fonte: UOL

comentários

| Rádio Guarujá AM 1550 kHz'); }
Estúdio Ao Vivo