14 de abril de 2018 às 10:55

D.R.I. e 'tributo' ao S.O.D. tocam hoje em São Paulo

Do site Roque Reverso

O D.R.I  é a atração deste sábado (14), em São Paulo. A veterana banda de crossover thrash está realizando uma miniturnê pela América do Sul.

Na capital paulista, o show será no Fabrique Club. No Rio, a apresentação será no dia 15 no Teatro Odisseia.

Em São Paulo, um atrativo a mais, já que a abertura dos shows ficará por conta do Not S.O.D. : Fist Banging Maniacs, um projeto envolvendo Brasil e Estados Unidos com os seguintes músicos: João Gordo (vocais, Ratos de Porão), Cleber Orsioli (guitarra, Blackning), Guilherme Martim (bateria, Viper, Toyshop) e o membro original do S.O.D., Danny Lilker (baixo). O Not S.O.D. tem aprovação dos membros do S.O.D., Scott Ian e Charlie Benante, que estiveram no Brasil recentemente e autorizaram o tributo/projeto.

A banda de abertura vai homenagear nada menos que o grande S.O.D., que Dan Lilker formou com Scott Ian, Charlie Benante e Billy Millano. A promessa é realizar um show de 40 minutos, tocando no álbum clássico "Speak English or Die" na íntegra.

Os ingressos para a apresentação em São Paulo do D.R.I. com o not S.O.D. : Fist Banging Maniacs já estão à venda no site da Ticket Brasil. O valor da entrada inteira é de R$ 240,00, mas há a meia-entrada para estudante e a promocional, desde que o fã faça a doação de 1 quilo de alimento não perecível.

Para o show do Rio de Janeiro, o site para venda é o da Pixel Ticket. O valor da entrada no lote promocional pela internet é de R$ 100,00, conforme a mais recente consulta feita antes o do fechamento deste texto.

Muito importante lembrar que o D.R.I. teve suas duas recentes turnês que faria no Brasil canceladas.

Em 2016, quando tinha shows agendados para São Paulo e Rio, o grupo alegou "termos do acordo não foram cumpridos" em relação ao pagamento, enquanto os produtores culparam a banda, dizendo que despesas aéreas e gastos com vistos burocráticos já haviam sido quitados com o grupo.

Em 2014, um novo impasse entre a banda e produtores gerou cancelamento de uma turnê inteira pelo País. Ela passaria por Limeira, Londrina, São Paulo, Recife, Rio de Janeiro, Brasília e Porto Alegre.

Fonte: UOL

comentários

Estúdio Ao Vivo