12 de julho de 2018 às 14:42

Kaká deixa em aberto convite do São Paulo e quer Cueva focado no clube

Antes de se aposentar dos campos no fim de 2017, Kaká recebeu proposta do São Paulo para defender a equipe nesta temporada. Mas o Tricolor não desistir de contar com o melhor jogador do mundo de 2007...

Crédito:José Eduardo Martins/UOL

José Eduardo Martins/UOL

Kaká durante a apresentação do novo uniforme do São Paulo, nesta quinta, no Morumbi

Antes de se aposentar dos campos no fim de 2017, Kaká recebeu proposta do São Paulo para defender a equipe nesta temporada. Mas o Tricolor não desistir de contar com o melhor jogador do mundo de 2007. O clube fez um convite para o ex-jogador trabalhar com o time fora das quatro linhas. Apesar de não ter voltado oficialmente ao Morumbi, o astro não descarta a possibilidade de no futuro assumir um cargo. Nesta quinta-feira (12), ele participou do lançamento do uniforme de jogo do time profissional fornecido pela Adidas.

"Quem sabe [volto ao São Paulo]? Hoje não é a minha primeira opção. O Raí me deu uma possibilidade muito boa que é de estar próximo ao clube, próximo dele também, de entender um pouco, de fora, como funciona tudo isso. Mas fico feliz. Para entender um pouco, não é fácil. Não é por que tive bons resultados dentro de campo, que fora vou ter os mesmos. É uma perspectiva diferente, uma visão diferente. Mais uma vez, agradecer ao Raí e ao São Paulo. Isso faz com que eu tenha uma razão diferente para agradecer", disse Kaká.

No evento, o ex-jogador comentou também a situação de Cueva. O meia, que defendeu o Peru na Copa do Mundo, nem sequer integrou a equipe reserva do Tricolor no jogo-treino com o São Caetano, desta quinta, e deve ser negociado nesta janela de transferência.

"Gosto muito dele como um talento dentro de campo. Acho o Cueva um excelente jogador. Falo não só para o Cueva, mas para os outros jogadores, de vez em quando a gente tem esse momento de falar: 'não, o que faço dentro de campo é coisa minha, ninguém tem nada a ver com isso'. Só que temos que entender que vincula muito o que faço fora de campo com aquilo que faço dentro. As minhas responsabilidades fora vão refletir dentro de campo", afirmou Kaká. 

"Espero que ele realmente esteja muito consciente de que aquilo que ele faça fora de campo, ele traz para dentro do campo. Se é isso mesmo que ele quer, ótimo. Agora, que ele seja muito consciente das ações deles, pois tem um peso no que o clube vai decidir", completou o ídolo.    

Fonte: UOL

comentários

| Rádio Guarujá AM 1550 kHz'); }
Estúdio Ao Vivo