16 de abril de 2018 às 17:08

Mais seguro: Volvo XC90 não tem registro de mortes na Inglaterra há 16 anos

SUV tem várias tecnologias de segurança, além de condução semi autônoma

Até quem não entende de automóveis sabe que a Volvo faz alguns dos carros mais seguros do mundo. Agora temos um número impressionante para comprovar esta máxima: nenhum acidente fatal foi registrado dentro de um XC90 na Inglaterra pelos últimos 16 anos.

O levantamento divulgado pelo jornal The Telegraph aponta o SUV como o carro mais seguro daquele país foi feito pelo laboratório independente Thatcham Research. Mais de 50 mil veículos foram vendidos desde o lançamento do modelo, em 2002 — e não houve nenhuma vítima fatal nos acidentes registrados com o XC90 até hoje.

Pesquisadores apontaram que a adoção de assistências eletrônicas de segurança ajudaram neste feito, especialmente a frenagem de emergência — recurso batizado pela Volvo de City Safety.

O item, que atualmente equipa vários modelos mais baratos vendidos na Europa (como o VW Golf), já é oferecido de fábrica no XC90 há muitos anos. De tão essencial para a segurança, o Thatcham Research classifica o sistema como o “item mais importante já inventado desde o cinto de segurança”.

Primeira geração do XC90 já tinha frenagem de emergência

Em tempo: atualmente, o SUV está na segunda geração, que traz diversos recursos de segurança, incluindo o sistema de condução semi autônoma Pilot Assist, capaz de controlar a velocidade do carro (inclusive acelerações e frenagens) e até fazer curvas de raio intermediário a até 130 km/h.

Curiosamente, esta estatística endossa o ousado discurso da Volvo em 2008. Naquele ano, a empresa assumiu o compromisso de zerar o número de acidentes fatais ocorridos dentro de carros da marca até 2020. Falta pouco para o prazo terminar, mas, ao que tudo indica, a meta não parece tão difícil assim de ser atingida. Muito pelo contrário.

Fonte: UOL

comentários

| Rádio Guarujá AM 1550 kHz'); }
Estúdio Ao Vivo