17 de maio de 2018 às 04:00

Vale a pena investir em cabo que promete recarregar o celular mais rápido?

A bateria do celular acaba, e a dor de cabeça começa. Enquanto não inventam uma bateria que realmente dure muito, continuamos na busca por soluções que amenizem o problema. Nesta empreitada, testamos o cabo micro USB, lançado pela General Electric (GE), q

Crédito:Divulgação

Divulgação

Cabo promete recarga até 40% mais rápida

A bateria do celular acaba, e a dor de cabeça começa. Enquanto não inventam uma bateria que realmente dure muito, continuamos na busca por soluções que amenizem o problema. Nesta empreitada, testamos o cabo micro USB, lançado pela General Electric (GE), que promete recarregar a bateria de smartphones e tablets até 40% mais rápido.

Divulgação >

Ele serve tanto para dispositivos Android quanto para os da Apple --é só encaixar o adaptador e usar. E custa R$ 169,90.

Para ter uma variedade mínima de modelos, testamos cinco celulares diferentes: o Moto X Play (2015), iPhone 7 (2016), Alcatel A7 (2017), o LG Q6 Plus (2017) e iPhone 8 Plus (2017).

Usamos o mesmo modelo de carregador para padronizar e recarregar todos os celulares. Cada aparelho passou por dois ciclos de recarga: um com seu respectivo cabo original e outro com o cabo da marca GE.

Os resultados foram:

Diferença de 4 minutos

Diferença de 17 minutos

Diferença de 18 minutos

Diferença de 7 minutos

Diferença de 2 minutos

Pelo que deu para observar, em apenas dois dos cinco modelos testados o cabo da GE fez a bateria chegar a 100% mais rapidamente: iPhone 7 e LG Q6 Plus. A diferença foi pequena: 17 minutos e 7 minutos, respectivamente.

VEJA TAMBÉM

O Alcatel A7 foi o que registrou o maior tempo entre o uso do cabo "rápido" (3h22) e o original (3h04), totalizando 18 minutos entre um e o outro.

Com o Moto X Play e iPhone 8, os resultados foram praticamente o mesmo, com diferença de quatro e dois minutos, respectivamente.

Por outro lado, o cabo micro USB da empresa ganhou pontos na resistência.

Diante do grande desafio que é manter os nossos cabos intactos ao uso diário --quem nunca viu seu fio descascar ou quebrar?-- um cabo revestido de nylon e silicone faz os olhos brilharem. Além disso, ele é comprido, o que ajuda em vários momentos.

Procurada pelo UOL Tecnologia, a GE afirmou que o cabo USB funciona melhor em modelos que não são de última geração. A empresa disse que o cabo pode ser usado por qualquer modelo, mas o desempenho será melhor em modelos mais antigos.

O site do produto não menciona isso, então fica a dica: pesquise antes se vale a pena no seu caso.

Fonte: UOL

comentários

| Rádio Guarujá AM 1550 kHz'); }
Estúdio Ao Vivo